Pesquisadores Institucionais

Floriza Maria Sena Fernandes - Coordenação Geral 

Bacharela em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), Mestra em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora efetiva da Universidade do Estado da Bahia/UNEB e pesquisadora do Centro de Pesquisas em Etnicidades Movimentos Sociais e Educação -OPARÁ/UNEB junto às linhas de pesquisas Etnologia, Educação, Educação Indígena e Interculturalidade e Campesinato, Ecologia Humana, Etnoconservação. Coordena o Colegiado de Curso da Graduação em Licenciatura Intercultural de Educação Escolar Indígena no Departamento de Educação Campus VIII - UNEB e o Programa Saberes Indígenas na Escola - UNEB/MEC- SEMESP no Território Etnoeducacional Ybyyara. Militou na ONG RAÍZES: Centro de Estudos, Formação, Pesquisa e Assessoria para a Cidadania assessorando projetos de Intervenção Social. É associada da ONG AGENDHA: - Assessoria e Gestão em Estudos da Natureza, Desenvolvimento Humano e Agro Ecologia e Sócia fundadora do Instituto D. Mário Zanetta e do Instituto Popular Memorial de Canudos. Na Universidade do Estado da Bahia ministra os componentes Curriculares das áreas de Antropologia e Sociologia na Graduação e na Pós Graduação.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1248735448660534

José Ivaldo de Brito Ferreira - Vice - Coordenação Geral 

Mestre em Ecologia Humana e Gestão Sócioambiental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB, 2012). Possui especialização em Ecologia Humana e Gestão Sócioambiental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB, 2009) e graduação em Direito pela Faculdade de Direito de Caruaru (FADICA,1998). Atualmente é Chefe de Gabinete do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (INEMA). É coordenador do Zoneamento Ecológico Econômico do Estado da Bahia (ZEE/BA). Preside a Comissão de Avaliação de Desempenho Funcional do INEMA e é membro do Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN/BA). Foi Prefeito Municipal de Paulo Afonso, Vereador por três legislaturas, Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal e Secretário de Turismo, Cultura e Esportes do Município de Paulo Afonso. Exerceu os cargo de Diretor Executivo do Núcleo de Promoção de Exportações da Bahia (PROMOEXPORT) e Superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia (SEMA). Foi Coordenador do Grupo de Trabalho de Gestão Ambiental Compartilhada do Estado da Bahia (GT GAC/SEMA) e desempenhou a função de Assessor da Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia. Tem experiência administrativa, legislativa e na área de Direito, com ênfase em Direito Ambiental, Direito Administrativo, Direito Eleitoral e Direito Penal.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4525116319319480 

Eloy Lago Nascimento - Coordenação Polo de Paulo Afonso 

Graduado em Ciências Sociais (Sociologia) pela Universidade Federal de Sergipe-UFS (1996). Especialista em Metodologia de Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação, pela Universidade do Estado da Bahia-UNEB (1998). Cursou Mestrado Pela Universidade Internacional de Lisboa (2000-2003). Atualmente é professor auxiliar da Universidade do Estado da Bahia, professor da Faculdade Sete de Setembro-FASETE. Tem experiência na área de ensino e pesqquisa, atuando na graduação e pós-graduação, nas disciplinas de metodologia científica, metodologia da pesquisa, metodologia do ensino superior, monografia e sociologia.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4323540161771839

Carlos Alberto Batista dos Santos - Coordenação Polo de Juazeiro

Biólogo/Etnobiólogo, Doutor em Etnobiologia e Conservação da Natureza (UFRPE), Atua na área de Zoologia, Conservação da Biodiversidade, Etnozoologia e Etnoecologia. Professor da Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais. Coordenador do Mestrado em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental DTCS/UNEB. Lider do Grupo de Pesquisa em Etnobiologia e Conservação dos Recursos Naturais (UNEB), Pesquisador do OPARÁ: Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação (UNEB). Reside em Petrolina, Pernambuco. 

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0024544164324027

Telma Cruz Costa - Coordenação Polo de Euclides da Cunha

Mestra em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB (2010) . Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (1990). Especialista em Educação Básica de Jovens e Adultos (UNEB - 2000), Gestão Escolar (UNEB - 2001) e Avaliação (UNEB - 2002). Docente da Universidade do Estado da Bahia - UNEB - Campus XXII - Euclides da Cunha. Pesquisadora FORMAÇÃO DE PROFESSORES, AUTOBIOGRAFIA E POLÍTICAS PÚBLICAS (http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhorh/1700585439483445) e do Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação - OPARÁ/UNEB (dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6927550823596872). Formadora do Programa Saberes Indígenas na Escola (MEC/SECADI/UNEB). Tem experiência na área de Formação Docente com ênfase em Educação de Jovens e Adultos e Educação Escolar Indígena, Diversidade Cultural, Processos de Ensino e Aprendizagem, Currículo Multicultural, Alfabetização e Letramento. Atua principalmente com os seguintes componentes curriculares: Pesquisa e prática pedagógica, alfabetização e letramento intercultural, LIBRAS, políticas públicas educacionais.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1700585439483445

Wbaneide Martins de Andrade - Lider do grupo no CNPq

Possui graduação em Ciências Biológicas(1997), mestrado em Botânica(2000) e Doutorado em Etnobiologia e Conservação da Natureza(2016) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE. Atualmente é professor assistente da Universidade do Estado da Bahia. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Botânica, atuando principalmente no tema flora e vegetação da caatinga.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0556890521617061

Geovane Duarte Borges

Graduado em Licenciatura Matemática pela Universidade Estadual da Paraíba (1996) e Mestre em Matemática pela Universidade Federal da Paraíba (2000). Atualmente é Professor Assistente da Universidade do Estado da Bahia e Substituto na Universidade Estadual de Alagoas. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Geometria Algébrica e Ensino da Matemática

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4174150088495457

Leonardo Diego Lins

Professor da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, diretor do Departamento de Tecnologias e Ciências Sociais - DTCS. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental. Pesquisador Institucional do Centro de Pesquisas em Etnicidade, Movimentos Sociais e Educação - OPARÁ. Professor dos cursos de graduação em Administração, Engenharia Agronômica e Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia. Doutor em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Mestre em Ensino de Ciências e Matemática, área de concentração em Ensino de Física pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB, pós-graduação em Ensino de Matemática pela Faculdades Integradas de Vitória de Santo Antão - FAINTIVISA, Licenciatura em Física pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB e Licenciatura em Matemática pela FACIG.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1318109382320539

Felipe Sotto Maior Cruz 

Pesquisador indígena do povo Tuxá de Rodelas/Bahia. Atuou como professor convidado pelo Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares/NEAB/UnB na disciplina "Cultura, Poder e Relações Raciais" em 2017 e 2018. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais- UFMG (2014), mestrado em Antropologia Social pela Universidade de Brasília- UnB (2017) instituição na qual atualmente cursa o doutorado na mesma área. Tem desenvolvido estudos sobre Etnologia Indígena e Indigenismo enfatizando a dimensão das relações interétnicas, etnicidade, educação indígena, direito a diferença, relações raciais e direitos indígenas. No mestrado, defendeu dissertação acerca dos desdobramentos de Mega Empreedimentos em terras indígenas focalizando a experiência do Povo Tuxá com a construção da Hidrelétrica de Itaparica ao fim da década de 1980. Atualmente tem desenvolvido pesquisas sobre as experiências de racismo contra povos indígenas, genocídio indígena, violações de direitos indígenas no Nordeste do país e inserção de estudantes indígenas no Ensino Superior. É membro e assessor da Associação dos Acadêmicos Indígenas da Universidade de Brasília (AAIUnB); Sócio da Associação Brasileira de Antropologia (ABA); Membro integrante da Comissão de Ações Afirmativas do PPGAS/DAN UnB.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6287058125340449

Dorival Vieira Almeida  

Graduado em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Pós-Graduado em Estado e Direito dos Povos e comunidades Tradicionais pela Universidade Federal da Bahia (UFBa). Pós-Graduado em Metodologia do Ensino de História pela UNIASSELVI. Professor e Pesquisador indígena do povo Tuxá, Rodelas/Bahia. Pesquisador do OPARÁ (Centro de Pesquisa em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação) - UNEB Campus VIII. Atualmente é Professor Substituto da Universidade do Estado da Bahia, Campus VIII. Fez parte do Programa Saberes Indígenas na Escola no Território Etnoeducacional Ybyyara UNEB/MEC/SECADI, formação continuada de professores da educação escolar indígena. Foi bolsista Iniciação Científica (2009-2010) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Atua na área da história e conflitos territoriais dos povos indígenas. Tem experiência com o ensino de História: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos e Pré-vestibular. É professor efetivo da rede municipal de ensino da cidade de Rodelas/Bahia.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8498239058487526

Marcos Luciano Lopes Messeder  

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1988), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1995) e doutorado em Sociologia e Antropologia - Université Lumière Lyon 2 (2004). Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e pesquisador associado do Centro de Estudos e Terapia do Abuso de Drogas da Universidade Federal da Bahia, do Programa de Pesquisa sobre Povos Indígenas no Nordeste (PINEB/UFBA) e do Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação - OPARÁ. Sócio e membro da diretoria da Associação Nacional de Ação Indigenista - ANAÍ-BA e sócio efetivo da Associação Brasileira de Antropologia (ABA). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Etnologia Indígena, atuando principalmente nos seguintes temas: etnologia indígena, relações étnicas e raciais, dinâmica cultural, práticas e rituais de consumo de substâncias psicoativas, particularmente relacionados a povos indígenas no Nordeste do Brasil. Tem orientado trabalhos sobre temas relativos a educação e pluralidade cultural, com ênfase em educação escolar diferenciada de comunidades indígenas e quilombolas, coordena a Licenciatura Intercultural em Educação Escolar Indígena (LICEEI) e o PIBID Diversidade no âmbito da UNEB. 

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6652438265315550

Eliane Maria de Souza Nogueira  

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Faculdade de Filosofia do Recife (1984), mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal da Paraíba (2000) e doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal da Paraíba (outubro de 2005). Atualmente é efetivo da UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA-UNEB CAMPUS VIII. Tem experiência na área de Zoologia, atuando principalmente nos seguintes temas: zooplâncton, comunidades tradicionais, moluscos, além de ministrar as disciplinas: sustentabilidade do bioma caatinga, seminário de pesquisa I , monografia e projeto de pesquisa I e II.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4084512070761915

Edvalda Pereira Torres Lins Aroucha   

Pedagoga; Mestra em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental; Educadora Popular, Empreendedora Socioambiental; Ecofeminista; Cidadã Pauloafonsina; Fundadora da AGENDHA [Assessoria e Gestão em Estudos da Natureza, Desenvolvimento Humano e Agroecologia], na qual exerce funções técnicas; Professora da Licenciatura Intercultural em Educação Escolar Indígena - LICEEI, Pesquisadora do OPARÁ [Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos e Educação]; Membro Titular da Comissão Interinstitucional para Prevenção e Enfrentamento às Violências (Portaria: 8/12/18 ? DOE/BA). Colaboradora do NUSF [Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco] como Coordenação da Equipe de Educação Ambiental da FPI [Fiscalização Preventiva Integrada]. Atualmente conselheira das instituições: Titular do Fórum Estadual de Convivência com o Semiárido, Conselho Municipal de Meio Ambiente, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Conselho Consultivo da Estação Ecológica Raso da Catarina e Conselho Municipal de Segurança Alimentar. Nas Articulações é uma das Coordenadoras do FBAF [Fórum Baiano de Agricultura Familiar], representante Institucional da AGENDHA na ASA [Articulação do Semiárido] e da AABA [Articulação de Agroecologia da Bahia]. É ainda Coordenadora do Território Itaparica BA/PE.  

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5553332400345392

Maria Cleonice de Souza Vergne   

Pós-doutoranda em Direito pela Universidade Federal da Bahia - UFBA. Possui doutorado em Arqueologia pela Universidade de São Paulo - USP (2004), mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (1990) e graduação em História pela Universidade Federal de Sergipe - UFS (1983). Atualmente é professora adjunta da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Coordenadora de Pesquisa do Centro de Arqueologia e Antropologia de Paulo Afonso/CAAPA e do curso de Arqueologia da UNEB. Membro da Academia de Letras de Paulo Afonso-BA.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5621914747365068

Dorival Pereira Oliveira  

Possui Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Sergipe - UFS. Pós-Graduado em Metodologia do Ensino Pesquisa e Extensão em Educação FAAEBA/UNEB. Mestre em Ecologia Humana e Gestão Sócio Ambiental - UNEB. Membro Fundador da ONG. Raízes, militantes dos movimentos sociais. Coordenação Interestadual das Comunidades Eclesiais de Base e das Pastorais Sociais. Foi Diretor Regional de Educação da Bahia. Exerceu função de Diretor do Departamento Campus VIII da Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Foi Docente da Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL. Coordenou curso de especialização em Psicopedagogia e a Pesquisa Políticas de Inclusão em Assistência Social em Paulo Afonso-BA - DST AIDS e Preconceito Racial. Professor do Programa de Formação de Professores da Educação Básica - Plataforma Freire, Ministrou aula no Programa de Especialização em Ecologia Humana Latu Sensu. Atualmente atua na Coordenação do Grupo de Estudos Africanos e Afrobrasileiros do Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação - OPARÀ/UNEB desenvolvendo Pesquisas com Representações Sociais da Política e do Estado para Povos e Comunidades Tradicionais. Acompanha a Associação de Pais e Crianças Autistas - SEMEAR. É docente da Universidade do Estado da Bahia e da Faculdade Sete de Setembro. Área de concentração da pesquisa em Representação Social, Estado, Poder, Cultura, Povos e Comunidades Tradicionais do Sertão do São Francisco com ênfase nos Povos de Santo.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2225807508162862

Salomão David Vergne Cardoso  

Doutorando em Direito pela Universidade Federal da Bahia - UFBA. Mestre em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental pela Universidade do Estado da Bahia - BA. Pós-graduação em Gestão Empresarial pela Faculdade Sete de Setembro - BA. Pós-graduando em Gestão em Saúde pela Uniasselvi. Graduação em Administração de Empresas pela Universidade Tiradentes - SE. Professor Substituto da Universidade do Estado da Bahia. Professor dos cursos de Administração e Sistemas do Centro Universitário do Rio São Francisco - Unirios. Pesquisador Colaborador do Centro de Arqueologia e Antropologia de Paulo Afonso/BA - CAAPA, da Universidade do Estado da Bahia. Pesquisador do Centro de Pesquisa em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação - OPARÁ, da Universidade do Estado da Bahia. Membro da Sociedade de Arqueologia Brasileira, da Sociedade Brasileira de Ecologia Humana e do Conselho Regional de Administração/SE.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3167333983194127

Marcelo Politano de Freitas 

Doutorando em Direito, Justiça e Cidadania no Século XXI, na Universidade de Coimbra. Mestre em Políticas Sociais e Cidadania pela Universidade Católica do Salvador - UCSAL, Bacharel em Direito pela UNISUL - Universidade do Sul de Santa Catarina (2000), pós-graduado "lato sensu" Especialista em Processo, pela Fundação Faculdade de Direito da Bahia/UFBA (2002) e pós-graduado "lato sensu" Especialista em Pedagogia Universitária, pela Faculdade Maurício de Nassau (2008). Professor do quadro permanente da UNEB - Universidade do Estado da Bahia, do Curso de Direito, atuando nas sub-áreas de Direito Processual Civil e Direito Civil. Pesquisador do OPARÁ: Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação da Universidade do Estado da Bahia.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6742670719402672

Marcelo Pinto da Silva 

Graduado em Direito pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2004). Aperfeiçoou-se em Direito Civil na Fundação da Faculdade de Direito da - UFBA (2006). Possui MBA em Gestão de Negócios pela Faculdade Católica de Ciências Econômicas da Bahia - FACCEBA (2007). Mestre em Direito Privado e Econômico pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2011). Atualmente é Professor Auxiliar da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, onde foi Coordenador de Colegiado do Curso de Direito do Campus VIII entre 2015-2017. É membro da Comissão de Avaliação da Gestão da UNEB e atua como Pesquisador do OPARÁ na Linha de Pesquisa Direito, Cidadania e Relações Interéticnas (2016) e Diretor do Centro de Estudos dos Povos Afro-Índio-Americanos ? CEPAIA (2018). Foi Professor Substituto de Direito Civil da Universidade Federal da Bahia - UFBA (2012-2014) e lecionou Direito também no Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio/FIB e na Faculdade Sete de Setembro ? FASETE (2010-2014), onde participou do Grupo de Estudos dos Direitos das Minorias e Acessibilidade ? GEDMA (2012). Foi professor da graduação na Faculdade Metropolitana de Camaçari ? FAMEC (2010-2014), onde atualmente integra o quadro dos docentes da Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Público e Privado (2017). Como Advogado é membro da Comissão do Advogado-Professor da OAB/BA e Sócio Administrador do Escritório Mello Advogados Associados (2013). Palestrante e escritor.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6826339526668343

Carleandro de Souza Dias  

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (2009) e mestrado em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental pela Universidade do Estado da Bahia (2012). Atualmente é professor da Faculdade Dom Luiz de Orleans e Bragança e professor substituto da Universidade do Estado da Bahia (UNEB VIII - Paulo Afonso, BA).

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4489575773096556

Vinicius Silva Santos   

Licenciado em Pedagogia com habilitação em Docência e Gestão de Processos Educativos pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. É Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe -UFS. É Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Sergipe - UFS. Têm experiência na área de educação, com ênfase na formação de professores, processos culturais e aprendizagens mediados pelas tecnologias da informação e da comunicação É professor Assistente da Universidade do Estado da Bahia- UNEB, Campus VIII/Paulo Afonso, atuando supervisor de Estágio Supervisionado em Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Atuou como Coordenador do Colegiado do Curso de Pedagogia da Universidade do Estado da Bahia -UNEB/Campus VIII. É Membro líder do FORPEC- Grupo de Pesquisa em Formação de Professores, Educação e Contemporaneidade UNEB/CNPq e membro pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Informática na Educação - Gepied UFS/CNPq.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3324796928301418

Elilia Camargo Rodrigues   

Mestre em Educação e Contemporaneidade com Especialização em Educação Básica de Jovens e Adultos na Universidade do Estado da Bahia. Possui Graduação em Licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de Educação e atualmente exerce a docência como Professora Assistente da Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Atua como coordenadora do grupo de pesquisa em Memoria, Territorialidade, Educação do//no Campo e Espaços de Sociabilidades (MITECS), inserido no Centro de Pesquisas em Movimentos Sociais, Educação e Etnicidades (OPARA), UNEB, DEDC-- Campus VIII . A perspectiva de pesquisa possibilita trabalhar com os seguintes temas:Processos de identificação;Interculturalidade; Subjetividade; Ruralidades; Movimentos Sociais; Educação Comunitária; Liderança; Territorialidade, associativismo e Educação Indígena.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2205535400083935

Tonivaldo Barbosa de Souza    

Possui Mestrado em Psicologia Social (2006), Especialização para a Formação de Professores em Letras/Libras (2019), Graduação em Formação em Psicologia (2006) e Graduação em Licenciatura em Psicologia (2003) pela Universidade Federal da Paraíba. Professor efetivo da UNEB - Campus VIII - Paulo Afonso. Atua principalmente nos seguintes temas: valores e crenças sociais, preconceito, psicologia humanista (A.C.P.), aprendizagem, distúrbios alimentares, psicologia hospitalar, psicologia da saúde, educação especial e educação especial indígena. É coordenador e fundador do NETEME (Núcleo de Estudos em Tecnologias e Metodologias em Educação Especial), é pesquisador e coordenador pedagógico do Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação - OPARÀ/UNEB.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8909295268027571

Francisco Alfredo Morais Guimarães    

Possui duas graduações em História pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (Licenciatura, em 1984 e Bacharelado, em 1986). É Doutor em Estudos Étnicos e Africanos pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Africanos da UFBA (2014), com Estágio Doutoral no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, em Portugal - CES-UC (2013). É Mestre em Educação pela UFBA (1996). É Técnico em Indigenismo pela Fundação Nacional do Índio- FUNAI (1985), tendo atuado junto aos povos indígenas Ticuna, no Amazonas e Guajajara, no Maranhão (1985-1987). Desenvolveu trabalhos de assessoria junto ao Museu Emílio Goeldi, no Pará (1987) e o Museu do Índio da Funai, no Rio de Janeiro (1987). Integrou a diretoria da Associação Nacional de Ação Indigenista- ANAÍ-BA, atuando junto a povos indígenas na Bahia e participando da equipe do projeto Recontando a História do Índio no Brasil, desenvolvido em parceria com a UNEB (1990-2000). É Professor Titular do Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia(Campus I - Salvador), atuando no curso de História. É pesquisador de História Indígena Tem organizado livros de autoria de professores indígenas e publicado diversos artigos e capítulos de livros sobre o tratamento da temática indígena no ensino de História, bem como sobre educação intercultural e autoria indígena. Integra o Grupo de Pesquisa OPARÁ: Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação da UNEB e o Grupo de Pesquisa Bio-Tanato-Educação: Interfaces Formativas. Atualmente é membro efetivo do Programa de Pós-Graduação em Estudos Africanos, dos Povos Indígenas e das Culturas Negras, da Universidade do Estado da Bahia. É poeta, performer e declamador, tendo integrado o grupo performático Biscoitos Finos nas décadas de 1980/1990. 

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8670825680236230

Moiseis de Oliveira Sampaio    

Possui graduação em Licenciatura Plena em História pela Universidade do Estado da Bahia (1997), Mestrado em História Regional e Local pela Universidade do Estado da Bahia (2009) e Doutorado em Humanidades e Artes com menção em História pela Universidad Nacional de Rosario Argentina (2015). Atualmente é professor assistente da Universidade do Estado da Bahia. Tem experiência na área de História, com ênfase em Ensino de História e Estagio Supervisionado, atuando principalmente no seguinte tema: coronelismo, Sertão Baiano e Estagio Supervisionado em História.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9685759311286464

Fátima Cristina da Silva Oliveira     

Possui graduação em Arqueologia pela Universidade Federal do Rio Grande (2012), especialização em Gestão, Licenciamento e Auditoria Ambiental e mestrado em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental pela Universidade do Estado da Bahia (2018). Atualmente é pesquisadora associada do OPARÁ (Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação) e do Centro de Arqueologia e Antropologia de Paulo Afonso (CAAPA). É coordenadora de projetos da ArqueoStone Consultoria ME. e professora substituta do curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade do Estado da Bahia, Campus VIII (Paulo Afonso). Tem experiência na área de Arqueologia, Arqueologia Pré-colonial, com ênfase em Arqueologia Preventiva, Ecologia Humana e Gestão Socioambiental.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7521179674443233

Loane Márzia Lopes Costa     

Possui graduação em Licenciatura Em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Feira de Santana (1997) e mestre em Educação Brasileira pela UFAL. Atualmente é professora auxiliar da Universidade do Estado da Bahia e professora assistente da Universidade Estadual de Alagoas .Tem experiência na área de Anatomia Humana e Bioquímica e farmacologia, com ênfase em Hematologia, atuando principalmente nos seguintes temas:fisiologia humana, anemias, saúde, parasitose, imunologia e saúde coletiva, exercendo docência no ensino superior desde 1999 , investigando sempre os aspectos sociais e da saúde e suas possíveis interferências no processo de aprendizagem, sua atuação em saúde e educação lhe permite um olhar multirreferencial sobre os processo educativos.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9489230262649778

Josilda Batista Lima Mesquita Xavier     

Doutora em Educação e Contemporaneidade, pelo Programa de Pós-Graduação Educação e Contemporaneidade - PPGEduC da Universidade do Estado da Bahia - UNEB (2017); Mestre em Educação, pela Universitè du Quebèc (2003), convalidado pela Universidade do Estado da Bahia (2009); Especialista em Metodologia para o Ensino Superior, pela Universidade Tiradentes (1994); Licenciada em Ciências Com Habilitação em Biologia pela Universidade do Estado da Bahia (1992). Professora com Dedicação Exclusiva (D.E.) da Universidade do Estado da Bahia, Campus VIII-Paulo Afonso. Desenvolve atividades acadêmicas nas seguintes áreas: Ecologia, com ênfase em Ecologia Humana; Metodologia para o Ensino Superior; Metodologia e Supervisão de Estágio para o Ensino de Ciências e Biologia; Orientação de monografia e dissertação nas áreas citadas. Desenvolve atividade de pesquisa em comunidades tradicionais (quilombolas) e rurais com os projetos: Doutorado - "Representações Sociais e Saberes de Mulheres Quilombolas: Tessituras e vida na Caatinga"; projeto de D.E. - "Levantamento etnobotâncio de plantas medicinais usadas pelas mulheres no pós-parto, em duas Comunidades Quilombolas do Município Jeremoabo, Bahia, Brasil". Coordenadora de Área do Sub-projeto PIBID/CAPES/UNEB - "(Com)Ciência em Sala de Aula: (Re)construindo saberes e competências" no período de 2014-2018. Atualmente faz parte da coordenação colegiada do Projeto de pesquisa "Etnoconhecimento da Comunidade de Feirantes no Baixo São Francisco: uso de agrotóxico e seus efeitos no ambiente e na saúde humana; e ouso de PANCs como alternativa econômica e alimentar. Coordena o Projeto de Extensão de implantação do Boletim Informativo "BiOnLine - Um novo jeito de divulgar a Ciência". Coordena o Projeto de implantação do Laboratório de Ensino de Ciências e Biologia - LabEnCBio do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da UNEB/Campus VIII-Paulo Afonso.

Acesse o currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0838920937933125

Fale conosco

Opará - Centro de Pesquisa
 

Rua do Bom Conselho, 179

Bairro: CHESF

Vizinho a APAE
oparauneb8@gmail.com

Tel: 75 3281 7356 ou 6585 (Central)

Ramal: 230
 

Por favor preencha o formulário abaixo
e entraremos em contato em breve: